As imagens do cabeçalho foram feitas durante a Marcha das Margaridas, e retirada de uma publicação dos Jornalistas Livres.

Foram escolhidas pela beleza com que retratam a diversidade feminina na “luta diária das mulheres por espaços representativos no movimento social e nas instâncias de representação política”.

Na Agroecologia, em especial, é atribuído às mulheres o desenvolvimento de práticas fundamentais na manutenção das sementes crioulas e da agrobiodiversidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.